sábado, 14 de janeiro de 2012

A solidão e a vida


Sentimentos intensos estão a me dominar.
Por mais que tente fugir a solidão está a clamar:

Venha cá... venha cá...
Escuto seu chamado e começo a chorar.

O mundo se fecha ante meu pesar,
mesmo tentando é difícil mudar
pois aquilo que sempre foi sempre será.

A saída está longe e estou no escuro a lhe procurar.
Pergunto a mim mesma:
Será que um dia isto acabará?
O que fazer com os sentimentos que não consigo controlar?

Tensão, tristeza, em busca da incerta alegria...
Tomo um copo de vida para aumentar a auto-estima
e continuo tentando, procurando e muitas vezes não achando
um meio de mudar.

Venha cá... venha cá...



AUTORA: RADIGE HANNA.
OBS: Peço a qualquer pessoa que goste de minha mensagem e que queira mostrá-la a alguém o favor de NÃO PLAGIAR.



3 comentários:

Malu disse...

Vim agradecer a visita e dizer que seu espaço é muito encantador e cheio de sensibilidade!
Grande abraço

Breno S. Amorim disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Radige Hanna disse...

Ei Breno, visitei seu blog e poxa, seus poemas são ótimos. Gostei muito e estou seguindo seu blog.

E eu estudo Ciências Contábeis.

Abr.