terça-feira, 22 de novembro de 2011

Tempo


Existe o tempo da promessa, 
o tempo da saudade, o da alegria e o da infelicidade.

Tempo: pequena palavra que cabe tantas coisas.

Um só tempo gera tantos momentos!
Aquele minuto de agonia para mim
pode ser o mesmo minuto que é o mais feliz de sua vida.
Existe algo mais relativo que isto?

O tic tac do relógio não consegue traduzir 
a infinita possibilidade de um segundo.


AUTORA: RADIGE HANNA.
OBS: Peço a qualquer pessoa que goste de minha mensagem e que queira mostrá-la a alguém o favor de NÃO PLAGIAR.




2 comentários:

Tiago Rodrigues Carvalho disse...

De todos os poemas que li em sua pagina esse é, na minha opinião, de longe o melhor de todos!!!
O Tempo que tanto fascinou Einstein é talvez a única coisa capaz de igualar todos nós. Independente do nível social, o tempo é o mesmo pra todos: irrefreável, o melhor remédio e também o maior carrasco.

Tiago Rodrigues Carvalho disse...

Como diria Martha Medeiros: "O tempo dando a devida proporção aos meus afetos e desafetos."